COE - Centro de Ortopedia Especializada © 2018

Criado por Plena Estratégias Criativas

Diretor Técnico: Dr. Thiago Caixeta - CRM-GO 13291 / RQE 8070 - Médico Ortopedista e Traumatologista.


 

Alongamento ósseo: correção de deformidades e ganho estético

November 12, 2019

A reconstrução e o alongamento ósseo são tendências recentes dentro da Ortopedia como uma subespecialidade que tem o objetivo de corrigir deformidades em crianças e adultos e tratar falhas ou infecções ósseas (osteomielites). Esse tratamento também pode ter indicações estéticas, como é o caso do alongamento de membros para ganho de estatura.

Como surgiu? 

Essas cirurgias apresentaram grande evolução após os estudos do ortopedista russo Gavrill A. Ilizazov que, em 1951 desenvolveu uma metodologia com o uso de fixador externo circular, baseada na estabilidade, no ritmo e na periodicidade do alongamento. O médico descobriu, através de experimentos, que um osso vivo ao ser seccionado, produzindo uma fratura e submetido a uma distração constante de velocidade entre 0,75 e 1 mm forma um osso novo. Logo, com os experimentos, tornou-se possível fazer o alongamento de qualquer osso.

 

Como funciona a cirurgia hoje?

Desde o primeiro alongamento ósseo realizado, as complicações tornam-se mais raras, devido ao aumento do conhecimento, da melhora das técnicas de alongamento ósseo e dos materiais utilizados. Atualmente o tratamento é seguro, possui poucas contraindicações, baixa incidência de intercorrências e permite reabilitação precoce com equipe de fisioterapia especializada.

 

O alongamento ósseo ainda sofre com o preconceito de ser apresentado como tratamento agressivo, o que não é verdade. As técnicas de mais utilizadas atualmente são baseadas no uso de dispositivos de fixação externa circulares e lineares com a utilização de aço cirúrgico, fibra de carbono e alumínio de aviação, materiais que oferecem ao paciente mais conforto, estabilidade, menor peso e segurança.

 

Aplicação estética

O alongamento ósseo também é um tratamento muito usado para fatores estéticos, prática muito comum em algumas partes do mundo como a China. O tempo de tratamento varia conforme o caso, o alongamento máximo é de um milímetro por dia. A consolidação do tratamento leva de três a quatro vezes o tempo que do alongamento, sendo que até nas técnicas mais modernas são necessários pelo menos três meses para que o paciente permaneça com o fixador.

Em caso de dúvidas, procure um médico ortopedista especialista no assunto para te ajudar a entender melhor sobre a cirurgia e suas aplicações.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Hérnia de disco começa com dores nas costas

June 22, 2018

1/3
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo