COE - Centro de Ortopedia Especializada © 2018

Criado por Plena Estratégias Criativas

Diretor Técnico: Dr. Thiago Caixeta - CRM-GO 13291 / RQE 8070 - Médico Ortopedista e Traumatologista.


 

Joanetes? Saiba quais as causas e tratamentos

April 26, 2018

Certamente você já ouviu falar da joanete, uma elevação que se forma no osso metatarsiano do primeiro dedo do pé por causa do encurtamento do músculo que faz estender os dedos. A deformidade aparece na lateral do dedão do pé e incomoda muito pela questão estética, podendo ou não estar relacionada com dores e limitação.

 

Ao contrário do que muitos pensam, a joanete não é um osso que apenas cresceu, mas sim um desvio do osso do dedão e das falanges, que aparece como uma saliência na região da parte interna do pé. As causas do hálux valgus podem ser genéticas ou adquiridas. Se os pais têm a deformidade, provavelmente os filhos terão mais tendência a desenvolvê-la, caso mantenham comportamentos inadequados como o uso de sapatos que apertam as laterais dos pés.

 

Pelo uso prolongado de sapatos como os de salto e de bico fino, o desalinhamento é muito comum no pé dos adultos e, na maioria das vezes, em mulheres. Para cada caso em um homem, 16 mulheres são afetadas pelo problema.

 

Mas então não se pode usar sapatos de salto?

Na verdade, o problema não é usar esses tipos de calçados, mas sim a frequência em que eles são utilizados. Além do desconforto e dor, eles ainda podem provocar o surgimento do joanete. No cotidiano, principalmente se irá ficar muito tempo andando, deve-se evitar o salto alto e sapatos de bico fino.

 

Qual o tratamento adequado?

Trocar os calçados, optando por modelos mais abertos e que não apertem os pés. Escolher adequadamente um sapato é o primeiro passo para prevenir joanetes e também calos, unhas encravadas e até machucados. Se, mesmo com essa mudança, a joanete não desaparecer e continuar causando dores e atrapalhando as atividades diárias, é necessário realizar uma cirurgia. 

 

E o tempo de repouso da cirurgia?

O procedimento cirúrgico é feito por um médico ortopedista, sob anestesia e, na maioria dos casos, é realizado o realinhamento do hálux (dedão do pé) e uma pequena raspagem do excesso de osso. Existem mais de 100 técnicas para correção da joanete e, na maioria, dos casos é necessário que o paciente fique até 60 dias sem pisar no chão.

 

Porém, após um ano de estudo em Chicago, nos Estados Unidos, trouxe para Goiânia uma técnica que proporciona ao paciente pisar no chão em uma semana. Os tipos de cortes feitos no osso nesta cirurgia ficam fixados por parafusos, segurando o osso no lugar e diminuindo o tempo de repouso sem pisar no chão e possibilitando que o paciente volte a andar mais rápido.

 

Apenas com a consulta médica é possível avaliar cada caso.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Hérnia de disco começa com dores nas costas

June 22, 2018

1/3
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo